SER OU NÃO SER EMPREENDEDOR: O PROFISSIONAL TÉCNICO E O DILEMA DA MUDANÇA DE CARREIRA

Authors

  • Saulo Pinotti FGV- EAESP
  • Tales Andreassi FGV-EAESP
  • Marcus Salusse FGV-EAESP
  • Solange Gualberto Mata Machado FGV EAESP

DOI:

https://doi.org/10.14211/regepe.v4i3.192

Keywords:

Profissional Técnico. História de Vida. Carreira Empreendedora. Transição de Carreira.

Abstract

O presente estudo tem por objetivo compreender como indivíduos com formação e carreira em áreas eminentemente técnicas, como engenharia, química e biologia, tornam-se empreendedores, identificando as experiências que os influenciaram a mudar da carreira técnica para a carreira empreendedora. A pesquisa é de caráter qualitativo e exploratório, utilizando-se da metodologia de História de Vida com perspectiva temporal longitudinal e retrospectiva. Realizou-se entrevistas ao longo do tempo com três empreendedores com formação técnico-científica cujas empresas já tenham experimentado um crescimento significativo. Os resultados obtidos mostram que o entorno familiar exerce grande influência na decisão de empreender, especialmente se o profissional técnico teve um modelo de educação que lhe trouxe independência e autoconfiança e se a família for um “porto seguro” para as incertezas da vida empreendedora. Além disso, o profissional técnico faz a transição de carreira de forma planejada e empreende na mesma área de conhecimento, visando minimização de riscos.

 

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-06-17

How to Cite

Pinotti, S., Andreassi, T., Salusse, M., & Mata Machado, S. G. (2015). SER OU NÃO SER EMPREENDEDOR: O PROFISSIONAL TÉCNICO E O DILEMA DA MUDANÇA DE CARREIRA. Iberoamerican Journal of Entrepreneurship and Small Business, 4(3), 177–203. https://doi.org/10.14211/regepe.v4i3.192